Curso

Curso de Graduação em Física, grau Licenciatura

COFIS
por Portal INFIS
Publicado: 08/07/2019 - 00:00
Última modificação: 13/10/2022 - 15:22
Sobre o curso: 

O Curso de Licenciatura em Física foi criado, em 02 de Dezembro de 1994, conforme a Resolução 25/94 do Conselho Universitário da UFU, com o oferecimento de 25 vagas anuais, com regime semestral e carga horária total de 2500 horas/aula a serem cumpridas em nove semestres. Os ingressantes no curso em 1995 entraram no Currículo 1975. Em 1996, o currículo passou por alterações, passando a se chamar Currículo 1976. O Curso teve seu reconhecimento pelo MEC em 23 de Fevereiro de 2000 pela Portaria 217.

Em 2006 o Projeto Político Pedagógico passou por diversas modificações. Os ingressantes no curso a partir de 2007 pertenceram ao Currículo 2007.1. Em 2011, foi acrescida a disciplina LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) como obrigatória, alterando novamente o nome do currículo para Currículo 2011.1. Em 2014, houve alterações nas posições das componentes curriculares na grade curricular.

No início de 2018, o NDE realizou um estudo da Resolução 02/2015 e por fim do Projeto Institucional de Formação e Desenvolvimento do Profissional da Educação (PPI) da UFU. É importante mencionar que a coordenação de curso, como membro do Fórum de Licenciaturas, manteve o NDE atualizado em relação aos debates do Fórum sobre a reelaboração do projeto institucional de formação de professores da UFU, em função das Diretrizes Nacionais Curriculares para a formação inicial e continuada de professores, de julho de 2015. Ademais, o NDE contou com as demandas oriundas dos estudantes através dos depoimentos da coordenação e dos docentes atuantes no curso e chegou ao Currículo 2019.1.

 

Perfil profissional: 

O licenciado em Física pode trabalhar como professor em instituições de ensino de nível médio e superior, privadas e públicas, em Cursos Preparatórios para o ENEM e Vestibular e em educação de jovens e adultos. Há também um mercado dinâmico para físicos em áreas industriais como metrologia, telecomunicações, desenvolvimento de materiais, etc. Também é possível a contratação de físicos em empresas estatais, para perícia policial e em outras áreas dos poderes executivo e judiciário nas quais é exigido curso superior. Outras atividades incluem a elaboração de projetos de ensino, a elaboração de jogos didáticos, a preparação e a produção de material didático e de experimentos para laboratórios didáticos. Além disso, poderá atuar como professor do ensino superior e de Institutos Federais, desde que curse pós-graduação.O curso tem por objetivo principal a formação de profissionais para o exercício do magistério de nível médio na área de Física, levando-os a conhecimentos e métodos que permitam o desenvolvimento de atitudes críticas e inovadoras no ensino da Física. O licenciado em Física da UFU é um profissional capaz de abordar problemas desafiadores do ensino dessa disciplina, sempre buscando novos conhecimentos científicos, tecnológicos e pedagógicos.

Perfil do ingressante: 

O licenciado em Física da Universidade Federal de Uberlândia deve ser um profissional que seja capaz de, no contexto da educação básica, abordar e tratar problemas novos e tradicionais do ensino dessa disciplina e estar sempre preocupado em buscar novas formas do saber e do fazer científico ou tecnológico na área. Em todas as suas atividades a atitude de investigação deve estar sempre presente, mesmo quando associada a diferentes formas e objetivos de trabalho.

Nesse sentido, a formação do professor de Física para a Educação Básica deve levar em conta as transformações da sociedade, que produzem continuamente novas funções sociais e novos campos de atuação, colocando em questão os paradigmas profissionais anteriores. Propõe-se, assim, uma formação que desenvolva habilidades e conhecimentos necessários às expectativas atuais e capacidade de adequação a diferentes perspectivas de atuação docente.

O egresso do Curso Graduação em Física, grau Licenciatura formado pela UFU deverá ser capaz de:

-adotar estratégias de ensino diversificadas que privilegiem o raciocínio, investigação, o trabalho colaborativo, a autonomia e habilidades sócio emocionais;

-adotar estratégias de avaliação diversificadas atendendo a múltiplas formas de expressão do conhecimento;

-considerar os aspectos emocionais e afetivos envolvidos no processo de ensino-aprendizagem, aprimorando as relações interpessoais presentes no ato educativo e na relação com a comunidade;

-considerar, na formação dos alunos da educação básica, suas características socioculturais e psicopedagógicas;

-tratar com respeito a pluralidade de formas de conhecimento cotidiano trazidas por saberes e habilidades dos alunos;

-promover o ensino da Física com estímulo à autonomia intelectual dos alunos, valorizando a expressão de suas ideias, de seus saberes não científicos, tratando-os como ponto de partida para o entendimento dos saberes científicos;

-tratar os conteúdos de ensino de Física de modo contextualizado, estabelecendo relações entre diferentes conteúdos dentro da Física, entre os conhecimentos físicos e outras formas de conhecimentos científicos e saberes cotidianos, e entre a ciência, a sociedade, a tecnologia, a história e a filosofia;

-dominar o conhecimento de Ciências e em particular da Física, tendo tanto a visão global em suas grandes áreas, como o aprofundamento necessário ao ensino das especificidadesdas mesmas, estando bem alicerçado sobre sua estrutura, com bases matemáticas, éticas e pedagógicas;

-valorizar o aspecto experimental da Física;

-compreender o processo de transformação do conhecimento humano e atualizar constantemente seus estudos para acompanhar as transformações do conhecimento humano, seja do campo educacional geral e específico, seja de campo de conhecimento científico-tecnológico;

-manter atualizados seus conhecimentos sobre legislação educacional e a atuação profissional;

-atuar de forma integrada em programas envolvendo equipes multidisciplinares;-atuar na organização e na gestão de instituições de educação básica;

-ser crítico, criativo, participativo e ético no desempenho de suas atividades, que estarão compromissadas com a construção de uma sociedade justa, igualitária, solidárias, pautadaem uma concepção crítica e emancipatória da educação;

-ser capaz de sistematizar e socializar a reflexão sobre a prática docente e sobre o papel social da escola.

-identificar e questionar os problemas socioculturais, socioambientais e educacionais e propor soluções, de modo a contribuir criticamente para superá-los, bem como todas as formas de exclusão (sociais, étnico-raciais, econômicas, culturais, religiosas, políticas, de gênero, sexuais, pessoas com deficiências dentre outras);

Formas de Ingresso

O curso Física Licenciatura oferece 60 vagas anuais e tem duração de 10 semestres. O ingresso no curso pode ocorrer de quatro formas:

SiSU

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é o sistema informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), no qual Universidades públicas oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Todas as informações sobre o SiSU estão disponíveis em: http://sisu.mec.gov.br/.

Reingresso

O Processo Seletivo de Reingresso permite o retorno de estudantes que tenham abandonado o curso. Entretanto, o reingresso só será permitido uma vez, para o mesmo curso, e não serão aceitas inscrições de ex-alunos que perderam a vaga por desligamento, jubilamento ou desistência verificada no primeiro período letivo. Mais informações sobre o Reingresso encontram-se na Normas de Graduação da UFU, p. 16.

Transferência Facultativa Interna e Externa

O ingresso nos cursos de graduação da UFU por meio de Transferência é possível para estudantes com vínculo em um curso de graduação, distinguindo-se duas modalidades:

I – Transferência Interna, facultada a estudantes vinculados a cursos de graduação da UFU;

II – Transferência Externa, facultada a estudantes vinculados a cursos de graduação de outras Universidades.

Mais informações sobre o Reingresso encontram-se na Normas de Graduação da UFU, p. 17-18.

Portador de Diploma

Verificada a existência de vagas restantes do processo de transferência facultativa, a UFU poderá, mediante processo seletivo próprio, admitir diplomados em cursos de graduação, para obtenção de novos títulos, habilitações, modalidades, ênfases ou certificados de estudo.

Todas as informações sobre os processos seletivos para as vagas ociosas encontram-se no site da UFU em: http://www.ingresso.ufu.br/vagas_ociosas.

Habilitação: 
Licenciatura
Regime acadêmico: 
Semestral
Turno de oferta: 
Noturno
Duração: 
10 semestres
Prazo mínimo: 
10 semestres
Prazo máximo: 
15 semestres
Número de vagas oferecidas: 
60 anuais
Horário de atendimento: 
A partir das 14h presencialmente / 24 horas via cofis@ufu.br
Secretaria
Thales Silva
+55 34 3239-4417 R:4417
Endereço: 
Campus Santa Mônica - Bloco A - Sala 1A209
Av. João Naves de Ávila - 2121 - 1A209 - Bairro Santa Mônica
Uberlândia - MG - CEP 38400-902